COLUNISTAS | Doido Por Futebol (Edney Andreotte)

Jalesense x Batatais, o futebol do interior não pode acabar

Essa é uma viagem que precisei ficar um período maior na ‘Capsula do Tempo’. Vamos voltar para o dia 15 de abril de 2005 e relembrar o duelo entre Jalesense e Batatais, partida que aconteceu na cidade de Jales-SP, no Estádio Roberto Valle Rolemberg, válida pela quarta divisão do Campeonato Paulista.
 
Normalmente quem vai nesses confrontos são os fanáticos pelos times que vão jogar, familiares de atletas, empresários e um ‘Doido por Futebol’. Por isso poucos torcedores acompanharam e viram a vitória emocionante do clube visitante por 3 a 2.
 
O jogo começou com a equipe do Batatais massacrando, com 20 minutos de bola rolando, o placar já estava 2 a 0, gols de Xuxa e Matioli. Nesse momento que vem o primeiro fato que anotei para contar, um senhorzinho, que deveria ter uns 60 anos, estava assistindo o jogo próximo da minha cadeira, olhou pra cima e disse, “O que será que eu vim fazer aqui novamente, meu Deus, esse time é muito ruim”, em seguida desceu a arquibancada e foi embora.
 
Já para o ‘Doido por Futebol’ o que vale é o momento, curtir cada segundo de um templo do futebol que ele acabou de conhecer, se tiver um jogo para assistir melhor ainda, desta maneira fiquei até o final da partida para poder contar essa história.
 
Na segunda etapa, o Jalesense voltou modificado, jogando de maneira ofensiva, a equipe descontou logo aos 4 minutos, com Paraíba em cobrança de falta. Na base da pressão chegou ao empate aos 11 minutos, novamente com Paraíba, desta vez em cobrança de pênalti.
 
O que parecia caminhar para uma virada, aconteceu o contrário, a equipe do Batatais desempatou o jogo aos 19 minutos, quando Robson bateu uma falta no ângulo, sem chances para o goleiro Alexandre, resultado que foi até o final do jogo, 3 a 2, para os visitantes.
 
É neste momento que um jornalista para escrever essas histórias precisa ficar atento para não perder os detalhes. Um rapaz levantou e começou a xingar o treinador, de todas as frases me lembro dessa. “Certo foi o velhinho que foi embora e não viu essa palhaçada, um time que joga dez minutos e fica 80 olhando o adversário, não ganha nem dos clubes do futebol amador daqui”.
 
Curioso para saber um pouco da história do Jalesense, no final da partida me aproximei de um senhor e perguntei. - Qual era a maior alegria que o clube tinha dado para os torcedores?
 
O senhor olhou para mim, pensei que iria receber uma resposta mal educada, mas o senhor gente boa disse, “Alegria quase nenhuma, na verdade foram mais tristezas do que alegrias, mas eu amo esse time de paixão, é o time da minha cidade”.
 
O Jalesense Atlético Clube foi fundado em 3 de janeiro de 1960 e já participou de 28 campeonatos profissionais, organizado pela Federação Paulista de Futebol.







 

Por: Edney Andreotte





VEJA TAMBÉM



COLUNISTAS  |   08/09/2021 17h54





COLUNISTAS  |   24/06/2021 17h20


COLUNISTAS  |   13/06/2021 10h08